INFORMAÇÕES ÚTEIS



 RG ou PASSAPORTE para uma viagem internacional?

Essa dúvida é muito comum, e a falta de informação pode atrapalhar e muito uma viagem.
Os brasileiros podem viajar somente com o RG para alguns países como a Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Equador, Peru, Bolívia, Colômbia e Venezuela. Existem outros países que exigem a apresentação do passaporte, apesar de não exigirem visto, como a República Dominicana, México, Itália, Alemanha, França, Reino Unido, entre outros.

É importante ressaltar que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não substitui o RG em uma viagem internacional, sendo proibido inclusive de realizar o embarque aqui no Brasil.

Para solicitar seu passaporte acesse o site da 
Polícia Federal.



BAGAGENS em aviões

Cada companhia aéra possui regras específicas, porém de um modo geral, as companhias permitem uma mala de até 23kg por pessoa nos voos nacionais e duas malas de até 32kg nos voos internacionais. As bagagens despachadas devem respeitar a quantidade por pessoa e peso.

Nos voos internacionais, devem ser despachados todos os frascos contendo líquidos acima de 100ml, pois os mesmos são proibidos na parte superior da aeronave.

Lembre-se, antes de fazer as malas, confirme as regras da sua companhia e evite atrasos e constrangimentos na hora do seu check-in. 



 Dinheiro, Travel Money ou Cartão de Crédito



Como levar seu dinheiro para o exterior? Essa é uma pergunta que deve ser analisada conforme o destino de cada viajante.

Dinheiro - Existe um limite de R$ 10 mil. E algumas moedas são difíceis de encontrar em espécie no Brasil. 

Travel Money - É uma opção também bastante considerada por todos para viagens ao exterior, funciona como se fosse um cartão pré-pago, você "carrega" o travel money antes de viajar em alguma casa de câmbio da sua confiança. A maioria dos estabelecimentos aceita, e é importante quando você não quer ter surpresas se houver variação no câmbio no retorno da sua viagem.

Cartão de Crédito - Para utilização dessa opção de pagamento é importante que seu cartão seja internacional, e que faça o seu cadastro de aviso viagem com sua operadora de cartão de crédito para que não ocorram problemas ao tentar usar o seu cartão durante sua viagem em outro país, se você vai passar por mais de um país é importante listar todos no preenchimento do aviso viagem com a sua operadora.

Para saber qual a forma mais adequada, procure conhecer sobre as taxas cobradas pelas operadoras, além do IOF a ser pago nestas operações, e no caso do travel money também questione a casa de câmbio todas as taxas cobradas no momento da inserção do valor no cartão.



VISTOS para Brasileiros

Boa parte dos destinos, hoje os brasileiros não necessitam do visto.

A emissão dos vistos de entrada em outros países é única e exclusivamente de competência de seus consulados. Cada país utiliza diferentes critérios e exigências para a entrada e permanência de estrangeiros, dependendo do objetivo da sua viagem, é extremamente importante que certifique-se junto ao consulado do país que deseja visitar, quais são estas exigências. Acesse o site Portal Consular para obter mais informações.



Alguns países podem exigir dos cidadãos brasileiros vacinação contra febre amarela para a entrada em seu território. Informe-se a respeito junto ao Consulado ou Embaixada do país para onde pretende viajar. É necessário possuir o Certificado Internacional de Vacinação quando for viajar. Para obter informações da ANVISA sobre a vacinação contra febre amarela, o Certificado Internacional de Vacinação, e os países que exigem esta comprovação, acesse o site do Portal da Anvisa.

É importante que este detalhe seja visto com certa antecedência, caso você ainda não tenha tomado as vacinas necessárias é importante procurar um posto de saúde o quanto antes, pois algumas vacinas passam a valer a partir de 10 dias da aplicação da dose.



 VACINAS

SEGURO VIAGEM


O seguro viagem é obrigatório em alguns Países Europeus integrantes do espaço Schengen (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Itália, Islândia, Luxemburgo, Noruega, Países Baixos, Portugal e Suécia).

Esta obrigatoriedade varia de país para país.

Fica a critério das autoridades fronteiriças de cada País a exigência do cumprimento destas formalidades. Aos estrangeiros que não cumpram com os requisitos acima referidos, pode ser recusada/dificultada a entrada no espaço Schengen.

SEGURO_VIAGEM.jpg

Atualmente um acordo assinado entre países da Comunidade Européia (Bélgica, Dinamarca, Alemanha, Finlândia, França, Grécia, Islândia, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Áustria, Portugal, Espanha e Suécia) que estabelece a obrigatoriedade de que os turistas visitando esses países comprovem possuir uma Assistência a Viagens o Seguro de Viagem Europa com valor mínimo de € 30.000 para garantir assistência médica por doença ou acidente.


O seguro de viagem é obrigatório em Cuba desde 2010. Sem valor mínimo de cobertura determinado.


Nos Estados Unidos, o seguro não é obrigatório, porém, é recomendável devido aos altos custos médicos. Segundo informação de uma assistência, um transporte via ambulância até o hospital mais próximo pode sair US$ 532 (R$ 1.160). Se o turista for surpreendido por uma apendicite em solo norte-americano, por exemplo, poderá desembolsar até US$ 40 mil (R$ 87 mil) por uma cirurgia.


Na Austrália, destino de estudantes brasileiros em intercâmbio, é preciso fazer o Overseas Students Health Cover (OSHC). A assistência cobre custos médicos e hospitalares, além de benefícios limitados para serviços farmacêuticos e ambulatórios. O custo mínimo do seguro é de 437 dólares australianos (R$ 977) para uma pessoa e é válido por 12 meses.


Acordos
Há destinos em que o brasileiro tem acesso ao sistema público devido a negociações entre os governos. O Brasil tem acordos com Cabo Verde, Itália e Portugal. Qualquer contribuinte do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode requisitar o Certificado de Direito a Assistência Médica (CDAM) no Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus).




AINDA TEM DÚVIDAS?
Entre em contato conosco. Temos as respostas para você viajar tranquilo.